Reabilitação da ponte da Barra A Ponte da Barra, em Aveiro, tem um desenvolvimento total de 620m distribuído pelos encontros com 21m cada, por dois viadutos de acesso com 249m cada e pela ponte com um vão de 80m. A plataforma foi alargada de 16,06m para 17,66m de largura.

No vão central da ponte e nos dois tramos adjacentes, o tabuleiro é constituído por um duplo caixão em betão armado e pré-esforçado. Nos viadutos de acesso, o tabuleiro é constituído por quatro vigas também em betão armado e pré-esforçado, ligadas superiormente por uma laje. A laje superior, igual em toda a extensão da obra, é pré-esforçada transversalmente.

A construção da obra foi concluída em 1975.

A obra foi sujeita a uma intervenção profunda de reforço e reparação. Os trabalhos de reforço incluíram a aplicação de pré-esforço exterior no tabuleiro e em alguns pilares, o reforço dos pilares com laminados fibras de carbono, o reforço dos caixões com perfis metálicos, a colocação de aparelhos dissipadores visco-elásticos e outras soluções de reforço local. Os trabalhos de reparação consistiram, essencialmente, na remoção de todo o betão contaminado por cloretos, a substituição das armaduras corroídas e a reposição das secções dos elementos com microbetão, betão projecto ou argamassas de reparação, conforme geometria e dimensão das zonas reparadas. No final dos trabalhos, a obra foi pintada.

Os trabalhos de reabilitação terminaram em Maio de 2008.
X