Viaduto sobre o vale de Loures O viaduto sobre o vale de Loures tem 1.614m de extensão. A geometria do vale, a altura da rasante e a elevada sismicidade local recomendavam a divisão da obra em dois viadutos independentes sendo cada um formado por dois tabuleiros paralelos. A largura total é de 34,7m. A obra foi integralmente betonada “in-situ”. 

Os dois tabuleiros do viaduto Sul com 826,0m de extensão atravessam o vale a uma altura que atinge cerca de 70m, e são constituídos por vigas caixão, contínuas, em betão armado pré-esforçado, com vãos de 62,0 + 9 x 80,0 + 44,0m, tendo sido construídos por avanços, em troços de 5m. 

Os pilares, em betão armado, são tubulares e de secção variável. As estacas de fundação têm 2,0m de diâmetro e um comprimento médio de, aproximadamente, 18m. 

O viaduto Norte tem 784,0m de extensão, com vãos de 32,0 + 18 x 40,0 + 32,0m. Cada tabuleiro é constituído por duas vigas contínuas longitudinais de 3,0m de altura, em betão armado pré-esforçado, ligadas pela laje da plataforma, em betão armado, e por carlingas pré-esforçadas. Foram construídos tramo-a-tramo sobre cimbres inferiores auto-lançáveis. 

Os pilares são em betão armado, com secção transversal tubular e o seu coroamento foi especialmente dimensionado para permitir a passagem dos cimbres. As estacas têm 1,5m de diâmetro e atingem profundidades da ordem dos 16m. 

A obra foi concluída em 1995.
X