Ponte sobre o rio Uima A obra está integrada na A41 e vence o vale do rio Uima a 50m de altura máxima. 

A solução estrutural adoptada é constituída por uma superstrutura contínua, de 12 tramos, formada por dois tabuleiros paralelos e independentes, com extensão total de 675m. A modulação dos vãos é de: 36 + 7 x 45 + 70 + 110 + 90 + 54. 

A obra embora estruturalmente contínua, divide-se em duas zonas distintas consoante o método construtivo adoptado para a construção dos tabuleiros. O viaduto de acesso é construído tramo a tramo com recurso a um cimbre auto-lançável, pelo processo usual de construção da totalidade de um tramo e de uma consola do tramo seguinte. Os tabuleiros da ponte serão construídos a partir das aduelas de encabeçamento dos pilares por aduelas betonadas em consolas simétricas. A transição entre a zona vigada e a zona em viga caixão é feita através da introdução de uma laje inferior a ligar as duas vigas longitudinais. 

Os pilares, um por eixo de apoio de cada tabuleiro, são formados por uma secção tranversal derivada de um “I” no viaduto e rectangular oca na ponte. Para viabilizar fundações directas em todos os pilares procedeu-se, em três alinhamentos, ao tratamento dos terrenos superficiais descomprimidos através de colunas de “jet-grout” sobre as quais assentam as sapatas. 

A obra foi concluída em Janeiro de 2011.
X